Autossuficiência, Traduções

Métodos de coleta de água: Como coletar e usar a água da chuva

A água da chuva é o melhor recurso para qualquer “homestead”. A coleta, o direcionamento e o armazenamento da água da chuva para uso posterior é uma ótima maneira de ser autossuficiente e preservar um recurso precioso.

Todos sabemos que a água doce é um recurso finito. Os sistemas de tratamento de água para irrigação e consumo são extensos, desatualizados e às vezes até perigosos para a nossa saúde. Ao direcionar a água da chuva ou coletá-la, você retira parte da carga desses sistemas e garante a qualidade da água usada para irrigação ou, se desejado, consumo.

A captação de água da chuva é o caso especial para aqueles que são capazes de, e desejam, ficar completamente “off-grid” e essa é uma maneira de ter acesso à água se você não puder acessar um poço. Como parte da preparação da casa própria e da preparação básica , garantir uma fonte de água sustentável é um desafio difícil. A captação de água da chuva é uma ótima estratégia para garantir que você possa coletar, armazenar e usar essa água.

Se você já ouviu falar dos métodos de captação de água da chuva, saiba que existem muitas maneiras de conseguir isso. Existem métodos como terraços, usando cisternas, bacias e cobertura com materiais naturais. Eu tentei tudo isso e os métodos de coleta de água da chuva mais benéficos que encontrei são especificamente os de calhas, que são fáceis e exigem muito pouco trabalho. Os melhores métodos de captação de água da chuva que vi produzirem os melhores resultados são três tipos diferentes de sistemas de calhas, como calhas fixas do telhado de uma casa, calhas de uma estrutura de captação em um jardim, calhas e cisternas de grandes áreas abertas, e, é claro, usando terraplenagem para controlar o fluxo de água da chuva para o jardim.

Como esses foram os que me deram ótimos resultados de captação de água da chuva, vamos examinar mais de perto esses três métodos de “downspout”1 e o método fácil de terraplenagem.

Método de coleta de água da chuva nº 1

A maneira mais simples é colocar um barril de chuva no estilo de respingo sob uma calha como a que você vê na imagem abaixo para alimentar um suprimento de água para o jardim.

Usar um sistema de calhas do telhado de um edifício é uma maneira muito eficaz de coletar grandes volumes de água que seriam desperdiçados. Também é muito simples, lembre-se de colocar o barril de chuva em uma superfície nivelada elevada do solo para criar pressão da água. Usamos diferentes variações desse método em casa e em nossa fazenda urbana.

Deve-se notar que, com muitos tipos de métodos de captação de água da chuva, a água precisa ser filtrada e processada para ser usada como água potável. Para sistemas de captação de telhado, a água da chuva se mistura com grande parte da fuligem, poeira e outros materiais que se depositam nos telhados. Portanto, filtre esses materiais e use um filtro purificador ou ferva a água.

Como parar um barril de transbordar – Outro tipo de captação de água da chuva com barril é aquele que desvia por uma calha. Isso pode ser uma coleta mais limpa, porque a água vai diretamente da calha para o barril sem ser exposta a detritos (desde que as calhas sejam limpas.

Esse método desvia a água da calha até que o barril esteja cheio, qualquer transbordamento prossegue pela calha. Você pode conectar vários barris para coletar mais água.

Método de Captação de Água de Chuva n° 2 – Estrutura de Captação

Outro método de coleta é a construção de uma estrutura de captação. Construímos uma em nossa fazenda urbana e colocamos um tanque de 550 galões (RomoTech) embaixo dele, que tem sido uma maneira realmente eficiente de captar facilmente grandes volumes de água da chuva e armazená-la, para que não transborde rapidamente e possa conter bom reservatório para o jardim e períodos secos.

Como fizemos esse sistema de captação de água da chuva – A construção foi bastante simples. Cavamos buracos para os postes e cimentamos madeira serrada 4 × 4 em alturas variadas para criar uma inclinação, depois instalamos madeira serrada 2 × 4 para criar uma estrutura para suporte do telhado. Escolhemos painéis de PVC para o material de cobertura, porque eram econômicos, fáceis de cortar de acordo com nossas especificações e leves, para podermos manobrá-los na posição correta.

Em seguida, os prendemos à estrutura com parafusos e usamos um selante de silicone sobre as cabeças dos parafusos para garantir que o teto estivesse estanque. Em seguida, instalamos uma calha na extremidade inferior da estrutura para capturar a chuva, além de calhas e tubulações para transportar a água para o tanque grande.

Também criamos uma estrutura de telhado menor sobre nossas colméias (abaixo), que tem o duplo objetivo de proteger as abelhas da maior parte da chuva e neve que recebemos, e de criar um ponto de coleta para a água da chuva.

Método de coleta de água da chuva n° 3 – Grandes superfícies de coleta

Um exemplo mais histórico de coleta de água da chuva está na casa de Thomas Jefferson, no topo da montanha, em Monticello. Localizado em Charlottesville, Virginia. O presidente americano instalou grandes e longos “passeios” em ambos os lados de sua grande residência para combater a escassez de acesso à água (abaixo).

Esses passeios serviam a um propósito duplo; permitir a ele, sua família e convidados passear fora de casa com segurança e conforto e fornecer uma grande área de superfície para coletar e direcionar a água da chuva. Jefferson tinha calhas de coleta instaladas em ambos os lados das calçadas que desviavam a água para as cisternas subterrâneas. Essa água era usada em toda a propriedade para irrigação e também para consumo.

Método de Coleta de Água da Chuva nº 4 – Terraplenagem

Além de coletar água da chuva, você também pode direcioná-la e contê-la, modificando a maneira como a terra controla o fluxo de água. Córregos, valas e bermas são usados ​​há milênios para desviar, coletar e usar a água da chuva de maneira eficaz.

Esse método de captação de água da chuva é uma ótima maneira de os pequenos jardins do quintal terem uma quantidade nutritiva de solo úmido após a chuva. Você pode ver na imagem abaixo, onde um jardim usa um riacho de rocha e alimenta as plantas ao redor com água.

De acordo com o dicionário, “swales” (tradução para o português não encontrada) são “um trecho de terra baixo ou deprimido e geralmente úmido”. Escavam pequenas ou grandes extensões de terra e depois plantam coisas (geralmente com plantas e/ou árvores que produzem alimentos) na borda desses trechos criando um método de irrigação natural. Antes dos sistemas de irrigação elétricos, valas e swales foram usadas por muitas culturas antigas como um meio de desviar a água da chuva, bem como a água dos rios ou lagos, para suas culturas agrícolas.

Exemplos disso são os locais de assentamento dos nativos americanos que mostram valas escavadas nos pontos de um rio para áreas mais planas onde as culturas eram cultivadas, além de evidências arqueológicas do antigo Egito que dizem desviar as águas anuais do Nilo para irrigar os campos de grãos.

Swales e valas podem ser muito utilitárias ou também podem ser uma parte muito decorativa de uma paisagem. Algumas pessoas constroem um leito de riacho seco em seus quintais, para que o swale não seja apenas funcional para direcionar a água da chuva, mas também muito bonito.

Como automatizar a irrigação de sua fazenda “off-grid”

Se você seguir a rota de captação de água da chuva, uma vez armazenada, os usos serão praticamente ilimitados. Um dos principais usos dessa água é para irrigação. Durante períodos secos com pouca chuva, essa água armazenada pode ser usada para irrigar as culturas de alimentos sem depender do abastecimento de água municipal.

A configuração abaixo é o que usamos em nossa fazenda urbana para automatizar os sistemas de aspersão em nossas estufas e áreas de vegetação. Com a unidade de armazenamento e captação de água da chuva, essa é essencialmente uma configuração de rega automática “off-grid” para a fazenda.

A água pode ser extraída do armazenamento para regadores ou sistemas de irrigação. Em nossa fazenda urbana, usamos uma combinação de rega manual e um sistema de irrigação movido a energia solar para regar nossas plantações (como visto abaixo).

Tradução : Quadro 1 – Energia Solar / Quadro 2 – Bomba e Bateria / Quadro 3 – Auto Irrigação

De nossa cisterna sob a nossa coleção de coberturas, temos uma mangueira de chumbo que se conecta a uma pequena bomba de transferência de 12 volts e 70 watts. A bomba está conectada a uma bateria que é carregada por um kit de painel solar de 100 watts renogy próximo.

A partir da bomba de transferência, a água é desviada para diferentes zonas do jardim por meio de um separador de mangueiras. A água então viaja para várias áreas do jardim, onde irriga as culturas por meio de mangueiras de irrigação por gotejamento e imersão.

Quais são algumas das outras maneiras de usar as captações de água da chuva?

A irrigação de culturas alimentares é um uso para a água da chuva coletada, mas certamente não é o único uso. A água da chuva coletada também pode ser usada para regar o gramado e as plantas de casa.

A pilha de composto – A água colhida também pode ser útil na sua pilha de composto. A rega periódica de uma pilha de composto é essencial para manter o processo aeróbico de decomposição de restos de jardim e alimentos em um composto rico e benéfico.

Água para animais – Água fresca, limpa e sem cloro é a melhor água para os animais consumirem. Usamos a água da chuva para fornecer água potável para as abelhas em toda a horta e em nossa fazenda urbana. Usamo-lo para encher banhos de pássaros, um pequeno lago subterrâneo e tigelas e valas menores, onde pássaros, abelhas e outras criaturas podem saborear com segurança. Também usamos água da chuva coletada para nossas galinhas; eles são melhor servidos com água não tratada.

Lavagem – A água da chuva coletada também pode ser usada para muitas tarefas em casa ou na fazenda. A água coletada pode ser direcionada para as instalações de lavanderia. A água não clorada pode reduzir o desgaste e desbotamento dos tecidos tingidos.

Árvores – A água cinzenta resultante pode ser usada para irrigar árvores e arbustos decorativos em torno de sua propriedade.

Chuveiros e banheiros – Uma pessoa habilidosa pode redirecionar o fluxo de água para as banheiras, bem como os banheiros podem usar a água da chuva para banhos ou para lavar os banheiros. Algumas residências “off-grid” filtram toda a água da chuva que entra e a armazenam em um pequeno tanque de pressão. Eles então dividem a água em dois caminhos separados – um caminho para água potável (higienizada) e outro para água não potável (não higienizada). Um processo de purificação é adicionado para produzir água potável.

Esse sistema tem a vantagem de exigir uma unidade muito menor e custar menos, pois trata menos água do que uma unidade de casa inteira. A desvantagem é que ele requer um sistema de encanamento duplo – um para fornecer água filtrada, mas não potável, para os banheiros, lavadora de roupas, torneiras de irrigação, etc., e outro para fornecer água potável para as torneiras.

Este seria um ótimo sistema para instalar quando se está construindo uma “homestead”, mas seria mais difícil adaptar.

Usando a água da chuva como água potável

O sistema digestivo humano moderno, o sistema imunológico e para os EUA, a Agência de Proteção Ambiental exige que a água que será consumida seja filtrada e purificada. Isso significa que a água deve ser tratada de alguma forma para higienizá-la o suficiente para ser consumida, diretamente ou quando usada para limpar legumes ou cozê-los.

Antes de tentar usar a água da chuva para consumo humano, é importante testar a água coletada em busca de toxinas ambientais, bactérias, patógenos, além de conteúdo mineral e proporções de partículas. Isso determinará se você pode razoavelmente purificar a água para consumo e informará sobre o sistema ou método que você pode empregar.

A captação de água da chuva é ilegal? Isso é um boato que se espalhou pelas mídias sociais, no entanto, muitos governos locais incentivam a coleta de água da chuva. De fato, em alguns lugares, como Ohio, por exemplo, o governo local oferece descontos em barris e tanques de coleta de água da chuva.

No entanto, você descobrirá que a coleta de água da chuva é uma prática regulamentada, pois pode causar danos à natureza se exagerada ou a si mesmo. Portanto, não deixe de conferir as leis da sua região aqui para ver quais são esses regulamentos .

Como filtrar a água da chuva

Existem muitos métodos e estágios de filtração e purificação. A primeira é a filtração rigorosa por peneira à medida que a água é coletada, eliminando detritos, poeira, areia ou sujeira do telhado antes que a água seja armazenada.

A maneira mais barata de purificação, depois que a água é armazenada, é adicionar cloro. Para fins de desinfecção, devem ser adicionados 2,3 onças fluidas de alvejante doméstico por 1.000 galões de água. A taxa de dosagem de cloro variará dependendo da quantidade de água a ser tratada, pH e temperatura.

Uma vez purificado, deve passar por um filtro para eliminar o cloro e outros sedimentos. Os filtros de torneira, bem como os jarros, como o Zero Water ou o Big Berkey Filter , eliminam o cloro e outras partículas da água.

Vários sistemas também podem ser adquiridos e instalados em uma casa para purificar a água da chuva. Eles empregam vários meios de filtragem e saneamento. Alguns sistemas expõem a água à luz ultravioleta intensa após a filtração para purificar a água. É importante entender a quantidade de água e a taxa de luz em cada sistema e combiná-lo com o conteúdo da água coletada para garantir o saneamento. As unidades de nível básico processam cerca de 10 galões por minuto. O preço da unidade aumentará à medida que as opções e taxas de fluxo aumentarem.

Outro sistema de filtragem / purificação é o que é chamado de filtração por membrana e envolve empurrar a água através de uma camada de material sob pressão. Existem algumas subcategorias de tecnologia nesse tipo de sistema. As tecnologias de membrana acionadas por pressão incluem microfiltração (usando um tamanho de poro de 0,03 a 10 mícrons), ultrafiltração (um processo de separação de membrana usando um tamanho de poro de aproximadamente 0,002 a 0,1 mícron), nanofiltração (um tamanho de poro aproximado de apenas 0,001 mícrons) e osmose reversa (filtros para 0,001 mícrons). Os sistemas de filtro de osmose reversa são os mais compactos e de fácil instalação dos sistemas de filtragem por membrana.

Esses sistemas podem custar caro instalar e manter e não são as soluções mais “ecológicas”, pois produzem subprodutos, o conteúdo de partículas, bactérias, vírus e minerais que deve ser gerenciado (alterando e descartando os filtros), bem como águas residuais (água que não pode passar pelo filtro). As tecnologias estão mudando nesse campo para produzir menos desperdício, mas sempre produzirão pelo menos alguns.

No topo da pilha de processos de purificação está a destilação. O processo de destilação aquece a água até ferver e depois coleta a condensação, separando a água das impurezas.

Esse processo consome muita energia e perde cerca de 5 a 10% da água devido à evaporação. Os únicos contaminantes que permanecem na água da chuva são os produtos químicos orgânicos voláteis (COV) que evaporam facilmente. Portanto, alguns fabricantes de sistemas de destilação incluem um filtro final de carbono para remover os VOCs.

Um sistema de destilação pode chegar a US $ 4.000 e também usa eletricidade para aquecer a água e operar o sistema, de modo que também não é a solução mais ecológica. No entanto, existem alguns destiladores de água de bancada que estão chegando ao mercado e são muito mais acessíveis, como o sistema de bancada Megahome .

É importante fazer sua lição de casa antes de investir um esforço e dinheiro consideráveis ​​em um desses sistemas, mas eles podem ser boas ferramentas para melhor usar a água da chuva capturada.

A captação de água da chuva é gratuita e necessária

A água doce é um recurso finito na Terra. A quantidade de água fresca, limpa e sem contaminação é escassa. Muitos fatores determinam nosso acesso a este recurso. Os efeitos das mudanças climáticas, como seca, globalização, ganância corporativa e legislação, impactam nosso acesso à água doce.

É mais importante do que nunca reduzir nossa dependência de fontes corporativas e municipais de água. Os sistemas municipais em todo o mundo estão envelhecendo e podem ser danificados facilmente. Gigantes corporativos estão devorando recursos de água doce para purificar e vender de volta para nós.

Ao desviar a água da chuva ou coletá-la e usá-la para consumo agrícola, doméstico, animal e humano, protegemos o meio ambiente, usamos sensivelmente seus recursos e também recuperamos um recurso que está sendo rapidamente cooptado e retirado de nós.

  1. Downspout: Cano para transportar a água da chuva de uma calha de chuva.

Matéria: Water Collection Methods: How to Harvest & Use Rainwater
Autor: Ken (https://thepreppingguide.com/author/ken/)
Data original da Publicação: Não Informado
Link da Matéria: https://thepreppingguide.com/rainwater-harvesting/
Site: The Prepping Guide -https://thepreppingguide.com
Acessado em: 16/09/2019 08:35

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s